CASAS DE PRAIA - ALUGUEL TEMPORADA e a VENDA em SPA NATAL RN BRASIL
Casas de praia | Segurança | Renda | Localização | Eventos | Piscina | Água | Clima Ideal | Saúde | O que fazer | Fotos | Contatos
Aeroporto Natal | Centro de Convenções | Testemunhos | Natal | Projetos
casa de praia com piscina natal rn brasil a venda Casa de praia Natal RN Brasil Casa de praia com piscina Natal Brasil a venda - Casa Lorenza CASAS DE PRAIA c PISCINA NATAL RN - ALUGUEL TEMPORADA casa de praia com piscina natal rn brasil a venda / Casa primeiro andar design
Casa Cottage
Casa Colibri
Casa Lorenza
Casa primeiro andar design
Praias, municípios e cidades na região
Perobas Natal Fernando de Noronha Genipabu Touros

Casa de Praia Natal
 Você esta em : | Página inicial | NATAL
Casa de Praia NatalBeach Villa BrazilBeach Villa NatalHuis aan het strand BrazilieVilla de Playa BrasilStrandvilla BrasilienVilla sur la plage Brésil

Fernando de Noronha
foto Natal Wikipedia



Visitantes de todos os lugares do mundo escolhem Natal para respirar o “ar mais puro” das Américas, visitar o maior cajueiro do mundo e conhecer as mais de 20 praias com paisagens paradisíacas de dunas e mar límpido e tranqüilo.
Conhecida como “A Cidade do Sol” ( com média de 320 dias de sol por ano ), possui em sua história o traço da colonização holandesa e portuguesa.


Natal é um município brasileiro, capital do estado do Rio Grande do Norte, Região Nordeste do país. Pertence à Mesorregião do Leste Potiguar e à Microrregião de Natal. Com uma área de 167,263 km², é a segunda capital brasileira com a menor área territorial (maior apenas que Vitória, capital do Espírito Santo), fazendo desta a sexta maior capital do país em densidade populacional, distando 2 227 quilômetros de Brasília, a capital federal.

Fundada em 1599, às margens do Rio Potenji, a cidade é conhecida mundialmente11 e conta com importantes monumentos, parques e museus e pontos turísticos, como o Teatro Alberto Maranhão e a Coluna Capitolina Del Pretti, no Centro Histórico, além de outras atrações como a Ponte Newton Navarro, o Museu Câmara Cascudo, o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, o Museu de Cultura Popular, o Parque das Dunas, a Catedral Metropolitana e praias como Ponta Negra e dos Artistas, e eventos de grande repercussão, como a Feira Internacional de Artesanato (FIART), o Carnatal, as festas juninas e as comemorações natalinas.
É também conhecida como a "Capital Espacial do Brasil", devido às operações da primeira base de foguetes da América do Sul, o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, hoje localizada no município limítrofe de Parnamirim.

Historicamente, a cidade teve grande importância durante a Segunda Guerra Mundial em 1942 durante a Operação Tocha, já que os aviões da base aliada americana se abasteciam com combustível no lugar que hoje é o Aeroporto Internacional Augusto Severo, sendo classificada como "um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo".

A capital potiguar foi também uma das doze sedes da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com a estimativa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2014, sua população é de 862 044 habitantes, sendo o décimo nono município mais populoso do país.
Sua região metropolitana, formada por outros nove municípios do Rio Grande do Norte, possui uma população de quase 1,5 milhões de habitantes, formando a quarta maior aglomeração urbana do Nordeste e a décima sétima do Brasil.

A cidade foi fundada no dia de Natal, 25 de dezembro de 1599, por Manuel de Mascarenhas Homem, capitão-mor de Pernambuco, que chegou com o objetivo de construir um forte e uma cidade.
A idéia era assegurar a posse de Portugal, afastando os franceses.
Mas a história da cidade começa mesmo em 1598, com a construção do Forte dos Reis Magos, pelos portugueses.


Capital do Rio Grande do Norte, pertencente à Região Metropolitana de Natal, à Microrregião de Natal e à Mesorregião do Leste Potiguar, Natal é a cidade mais populosa do estado e situa-se numa espécie de triângulo natural com um vértice para o norte, que é banhado de um lado pelo Rio Potengi e de outro pelo Oceano Atlântico.
Além do acesso por via aérea e terrestre, Natal conta, ainda, com acessibilidade portuária e vem recebendo cruzeiros nacionais e internacionais, na alta temporada.

Apelos turísticos

A Copa de 2014 justifica investimentos para incrementar a infraestrutura turística e ampliar o tempo de permanência do turista de negócios na capital, além de criar condições para que ele retorne em outras oportunidades.

Segundo levantamento da Nasa, em parceria com o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Natal é reconhecida internacionalmente como o “Ar mais puro das Américas”.
O município foi eleito pela Aviesp (Associação das Agências de Viagens Independentes do Estado de São Paulo) como melhor destino turistico do Brasil em 2007 e também é uma das cidades com o maior número de leitos turísticos do País (aproximadamente 28 mil).

Acessibilidade e mobilidade

O Rio Grande do Norte conta com oito rodovias federais, que totalizam 1.350 km.
É considerada a segunda melhor malha do Nordeste ( perdendo apenas para que a BR 101 é o grande referencial, já que é a maior rodovia do Brasil, ligando Touros, no RN a Osório, no RS ).
Outra rodovia que facilitará turistas regionais é a BR 304, que liga Natal a Fortaleza, passando por Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Já a BR 226 liga Natal ao Seridó.

No quesito mobilidade urbana, Natal sofre algumas limitações.
Dispõe de um sistema de trem urbano, com 38 km de extensão, onze estações e capacidade para transportar 4 mil passageiros por dia.
Apesar dos números a qualidade tem sido considerada insatisfatória.

Outro desafio a enfrentar é o problema do congestionamento:
a frota atual de automóveis passa de 260 mil veículos e mais 2.500 são emplacados a cada mês.
O sistema de transporte coletivo por ônibus tornou-se obsoleto e não atende às necessidades atuais.
Encontra-se em estudo uma licitação para a reestruturação completa do sistema.
Outro problema crítico é o estacionamento na via pública, restringindo as faixas de rolamento.

Entre as ações planejadas para melhorar a mobilidade urbana estão o Projeto de Modernização e Expansão do Sistema de Trens Urbanos de Natal; implantação do Eixo de Integração Zona Oeste-Zona Sul; implementação do Sistema de Transporte Rápído de Natal – Fase 1; implantação do corredor turístico cultural; implementação do Sistema de Transporte Rápido de Natal – Fase 2 e melhorias na infraestrutura urbana das cidades que integram a Região Metropolitana.Infraestrutura aeroportuária


Myhouseinparadise é o Único projeto de praia com acesso direto e seguro pela BR-101
Myhouseinparadise é o km 0 da Rota 101.
Aeroporto com capacidade inicial para 6 milhões de passageiros por ano, chegando a 40 milhões na fase final.



Aeroporto

Como será o maior aeroporto de cargas da América Latina, está sendo criada uma ZPE - Zona de Processamento de Exportações – distrito industrial para a instalação de empresas voltadas essencialmente para o mercado externo.
Além da ZPE, haverá área de Livre Comércio (ALC).Desafios e oportunidades

Natal está numa posição privilegiada em relação à Europa, o que é uma vantagem competitiva para o turismo.
Com o novo aeroporto, Natal superará as carências de transporte para atender ao substancial acréscimo de movimento.



O Aeroporto Governador Aluízio Alves
(IATA: NAT, ICAO: SBSG)

O Aeroporto Governador Aluízio Alves , São Gonçalo do Amarante, RN

Airbus A-380 / Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal


O novo aeroporto tem três diferenciais:
1) é inteiramente concedido à iniciativa privada,
2) está apto para receber a maior aeronave do mundo o Airbus A-380 e
3) foi projetado para ser um aeroporto-cidade.




O consórcio Inframérica tem planos audaciosos para Aeroporto Internacional Aluízio Alves.
A proposta principal é criar uma sinergia entre os 50 aeroportos da Corporação América – empresa componente do consórcio – e transformar o novo terminal de Natal em um ponto de parada obrigatória para todos os voos que forem para a Europa e África ( obrigatoriamente de ponto de vista técnica, económica e segurança ).

Este projeto está vinculado a dois fatores: localização geográfica privilegiada e produção local do querosene de aviação (QAV), que tem capacidades efetivas de ampliação diante de uma nova demanda.



RN terá ‘aerotrópole’ em 20 anos

Duas décadas.
Esse é o tempo mínimo que o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, vai levar para se transformar em uma Aerotrópole.
John Kasarda, Ph.D. da Universidade da Carolina do Norte, propõe uma combinação entre um aeroporto gigante, uma cidade planejada, facilidade de transporte e centro de negócios.

Aerotrópole: o modo como viveremos no futuro
o futuro “hub das Américas” ou “nova porta de entrada para o Brasil”.
...
“Estamos entrando no século da aviação, onde os aeroportos são essenciais para o desenvolvimento das cidades.
...
Nas Aerópoles, a produção de bens e serviços se baseia em integração.
Por exemplo, uma peça de um Iphone que chega pela manhã, da China, poderia ser transportado para a fábrica de montagem, em Manaus, à tarde.
...

“Os aeroportos são onde as pessoas se reúnem.
São imãs comerciais poderosos, que podem representar o desenvolvimento de uma região metropolitana, formada por cidades aeroportuárias”
,

...
desenvolvimento de um aeroporto com conceito shopping, reunindo serviços de alimentação, cultura e recreação, além de logística e transporte de cargas.
Ao redor do aeroporto, por sua vez, são construídos hotéis e entretimento, centros de convenções, escritórios e zonas de livre comércio.

Diferenciais
Para John Kasarda, o aeroporto de São Gonçalo do Amarante traz dois diferenciais: a sua posição geográfica, que permite a conexão com outros continentes, e por ter sido construído do “zero.


Casa de Praia Natal
 Você esta em : | Página inicial | Estádio: Arena das Dunas
Casa de Praia NatalBeach Villa BrazilBeach Villa NatalHuis aan het strand BrazilieVilla de Playa BrasilVilla de Playa Brasil NatalStrandvilla BrasilienVilla sur la plage BrésilVille al Mare Brasile


Arena das Dunas, Natal

Projetado para ser um local multiuso, o estádio vai sediar eventos esportivos, feiras e shows, além dos 22.000 m2 de praça ao ar livre em volta do estádio.

O projeto do arquiteto australiano Christopher Lee (que também assinou o projeto do Estádio Olímpico de Londres) foi inspirado nas paisagens de dunas de Natal, dando um aspecto único à construção.
A fachada e a cobertura são integradas e compostas por 20 “pétalas”, projetadas para serem mais altas em um dos lados do estádio, dando a forma e a ideia do movimento das dunas de areia, comuns na região.
O projeto também permite maior ventilação e entrada de luz no estádio.

As estruturas em forma de pétala do telhado são feitas de treliças de aço, cobertas por fora com telhas de alumínio, com isolamento térmico e acústico. Internamente, são revestidos com uma membrana tensionada de PVC. As peças são unidas por policarbonato translúcido, o que permite que a passagem da luz.

A cobertura da Arena também foi projetada para captar água da chuva. As calhas que coletam a água a conduzem para nove reservatórios instalados sob as arquibancadas inferiores. Como resultado, a até 3.000 metros cúbicos podem ser capturados e reutilizados nos sanitários e para a irrigação do campo.

Os torcedores que forem aos jogos e eventos no estádio vai perceber um novo padrão de conforto e segurança, que começou a ser visto no país com as novas arenas. O estádio conta com estacionamento coberto, auditório, camarotes, Espaço Vip, telões em alta resolução, centro de comando e controle e quatro diferentes tipos de assentos.

O acesso é privilegiado, já que ela está localizada no centro de Natal.
São 75 catracas que permitem acessar as 21 entradas que levam aos quatro níveis da arena. São 18 escadas e três rampas para atender às pessoas com mobilidade reduzida.
Ao redor do estádio há 20 escadas metálicas que levam às arquibancadas superior e inferior, além de um anel que permite a circulação por todos os setores.

 

A Arena das Dunas conta, ainda, com quatro lounges com capacidade entre 250 e mil lugares, 25 quiosques para comercialização de alimentos e bebidas, além de 30 banheiros.

Possui capacidade para 42.000 espectadores com 10.600 assentos removíveis.
São quatro tipos de assentos, em diferentes tons de azul: para o público geral, hospitalidade, VIP e Very VIP.
Todos rebatíveis e com encosto.
A diferença entre eles é que, em alguns setores, as cadeiras têm braços, estofamento e guarda-copos.
Também foram reservados 521 lugares para pessoas com deficiência.
A escolha pelas cores foi uma opção no projeto arquitetônico, como explica Charles Maia, diretor da Arena das Dunas. “É um azul degradê. Torna-se uma espécie de oásis, compatível com o desenho do projeto. São quatro tons de azul, dando ideia de movimento”, explica.

Acessibilidade

Com rampas, elevadores, assentos para obesos, espaço reservado para cadeirantes, informação visual e piso com sinalização tátil do portão de entrada à arquibancada, a arena atende a todos os requisitos de acessibilidade.

“A arena está acessível em todos os níveis, com rampas e elevadores. Nos camarotes há banheiros acessíveis, ao redor da arena há sanitários masculinos e femininos com acessibilidade, bem distribuídos para atender a todos os portadores de necessidade especiais. Há piso tátil desde o portão externo, passando pelas bilheterias, até chegar à arquibancada”, detalha Charles Maia.

No total, os 521 assentos para deficientes disponibilizam 269 lugares para pessoas com mobilidade reduzida, 74 para obesos e 104 espaços destinados aos cadeirantes.

Mais conforto

Os torcedores que chegarem com o próprio veículo terão 2.500 vagas de estacionamento, sendo 557 cobertas. Há vagas destinadas a deficientes, idosos, carros que usam energia limpa, motos, ônibus, além de um bicicletário. Localizado no térreo, o estacionamento coberto tem elevadores que dão acesso direto aos camarotes.

Foram construídos 39 camarotes, com 30 ou 50 lugares, dependendo da localização. Mobiliados com mesas, cadeiras, sofás, balcão e TV, cada camarote possui banheiro privativo e conta com serviços exclusivos. A arena também tem quatro lounges (com 250, 500 e dois com mil lugares), com sanitários privativos e os mesmos serviços dos camarotes.

 

Tecnologia e Segurança

A segurança do estádio será coordenada pela equipe presente no Centro de Comando e Controle da arena, instalado em uma sala com mais de 80m², com equipamentos que permitem o monitoramento das imagens captadas por 200 câmeras, capazes de fazer reconhecimento facial dos torcedores.

 

“A sala de comando fica conjugada com o pessoal que controla o som e os telões. Ela fica no nível dos camarotes. Temos mais de 200 câmeras que fazem a cobertura de todas as áreas externas e internas. Quem está na arena está sendo visto pelo pessoal da sala de comando e controle, com equipamentos que fazem identificação facial”, afirma Charles Maia.

As informações ao público e os lances do jogo são transmitidos, com clareza, pelo sistema de som e pelos dois telões de 64m² (10,4m de largura e 6,22 de altura). Os telões estão instalados na cobertura, nos setores sudeste e noroeste, e transmitem imagens em alta resolução.

Em caso de emergência, o projeto da arena foi pensado para que o tempo de evacuação seja de, no máximo, oito minutos.

Estrutura completa

Os jogadores também perceberão as melhores condições de jogo. Eles terão à disposição vestiários com banheiras, duchas, sanitários e sala para aquecimento, além de um gramado em perfeitas condições para a prática do futebol. A grama, do tipo Bermuda Tifton 419, é própria para o clima quente da região, enquanto o sistema de drenagem garante que as partidas ocorram mesmo em dias chuvosos.

Com uma distância de apenas 15 metros do campo para o primeiro lance de arquibancada, os atletas sentirão mais de perto as reações da torcida. Além disso, a iluminação, feita por 306 refletores, evitará sombras no campo e garantirá uma luz homogênea no estádio, possibilitando as transmissões de TV na tecnologia Full HD.

 

Projetada para ser um equipamento multiuso, a arena poderá receber feiras e shows na área interna ou na praça de 22 mil metros quadrados em frente à entrada situada na Avenida Prudente de Moraes. O espaço vai possibilitar a realização de eventos sem a utilização do gramado, preservando o campo de jogo.

Vídeo Arena das Dunas:

• Projeto: Christopher Lee - Populous Architecture
• Fonte: Portal da Copa / Popoulos.com / Archello
• Fotos: Danilo Borges/Portal da Copa e Vinicius Souza/Archello

http://www.metalica.com.br/arena-das-dunas-natal



Copa do Mundo
2014
...
Um total de 64 jogos foram jogados em doze cidades de todo o Brasil em estádios novos ou reconstruídos, iniciando o torneio com uma fase de grupos.

Com o país anfitrião, todas as equipes campeãs do mundo desde a primeira Copa do Mundo, em 1930 (Uruguai, Itália, Alemanha, Inglaterra, Argentina, França e Espanha) qualificaram-se para esta competição.
Nesta edição, a Alemanha sagrou-se campeã pela quarta vez (a primeira depois da reunificação do país),7 repetindo as vitórias nas edições de 1954, 1974 e 1990.
Foi a primeira vez que uma seleção europeia conquistou o título no continente americano.
As quatro Copas do Mundo anteriores sediadas pela América do Sul foram todas ganhas por seleções sul-americanas.8

De acordo com estatísticas da FIFA, esta foi a Copa mais poluente da história (2,72 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono), mas, ao mesmo tempo, a mais sustentável (os estádios construídos ou modernizados para a Copa adotaram tecnologias para aproveitar a água de chuva, a luz solar, fontes renováveis de energia e iluminação de baixo consumo energético, entre outras).
9 Em uma conferência realizada na Cidade do Panamá, em setembro de 2014, e organizada pela FIFA, os representantes de 45 federações afiliadas à CONCACAF e à CONMEBOL avaliaram o trabalho realizado na Copa de 2014 como "o melhor futebol já visto na história dos Mundiais".


http://pt.wikipedia.org/wiki/Copa_do_Mundo_FIFA_de_2014



arena das dunas natal

arena das dunas natal united states japan mexico  italy

arena das dunas natal united states japan mexico  italy

arena das dunas during construction

arena das dunas natal united states japan mexico  italy

arena das dunas natal united states japan mexico  italy



Melhor clima da América Latina, com 12 meses por ano de verão.




Único lugar na América Latina aonde pode praticar esportes
sem contato com toxinas, cloro e poluição

Assim evitando também poluição hormonal com ação estrogênica que prejudica Atletas Masculinos e Femininos.
( Como otimizar os seus níveis de hormônios e evitar os xenoestrogénios )

Garantindo assim desempenho fisico-esportiva máximo , a reabilitação rápida e completa, e saúde otimizado.



MHIP já com muitos atrativos, entre outros o melhor e mais higiénico restaurante natural da região
( comida orgânica, preparado com água mineral, fresca com sucos com frutas frescas, ... )
com as piscinas mais cristalinas do RN e churrasqueira beira mar, as área sociais beira mar do MHIP,
a Vila Olímpica Marco Zero, o Centro de Convenções,
Central do Profissional, Centro de Eventos e mais outros atrativos em desenvolvimento.



Casa Zero Energy
que não precisa de aquecimento e nem de ar condicionado
( Por isto oferecemos ar-condicionado como opcional )



Água mineral pura e abundante
nas torneiras, chuveiros e na piscina.

Nunca vai faltar água ou energia na sua casa autónoma no MHIP, porque a casa é auto-suficiente em água e energia
( nunca racionamento ).

Água das piscinas sem cloro ou toxicos porque tem tratamento com UV do sol.



Todas as fotos dessa página são fotos reais de Myhouseinparadise e
não receberam nenhum tipo de tratamento ou manipulação digital.


CASA DE PRAIA A VENDA NO PARAÍSO - RN - QUALIDADE DE VIDA E INVESTIMENTO SEGURO

casa de praia com piscina natal rn brasil a venda Casa de praia Natal RN Brasil Casa de praia com piscina Natal Brasil a venda - Casa Lorenza CASAS DE PRAIA c PISCINA NATAL RN - ALUGUEL TEMPORADA casa de praia com piscina natal rn brasil a venda / Casa primeiro andar design

Varias casas prontas
para morar
ou arrendar
a venda
Beach Villa  with pool Brazil suite Beach Villa  with pool Brazil
Casa de Luxo / 3 q.
Casa Blanca / 3 q.
Casa Laranja / 3 q.

Piscinas Livings Gardens Cozinhas
Piscinas
Salas
Jardims
Suítes
Cozinhas

Praias, municípios e cidades na região
Perobas Natal Fernando de Noronha Genipabu Touros